website templates

Por que sair do Brasil?

Se você chegou a esse post, é porque na certa já passou pela sua cabeça sair do Brasil. Digo mais, em direção a Portugal. Certo?

Crise política, recessão econômica e índices de violência alarmantes são o estopim para que muitos brasileiros deixem o país em busca de oportunidades no exterior. De acordo com a Receita Federal, entre 2014 e 2016 foram entregues 55.402 declarações de saída definitiva do país, um crescimento de 82% em relação ao triênio anterior. Na outra mão, o Brasil também é menos atraente para estrangeiros.

o país falhou com os brasileiros...

O desencanto com o país vem numa crescente. Depois do impeachment de Dilma Rousseff (PT), presidente que descuidou das contas públicas e deu origem à recessão econômica atual, seu sucessor Michel Temer (PMDB) está tão enrolado em escândalos que tornou-se o primeiro presidente do Brasil investigado por corrupção durante o mandato. A Câmara dos Deputados analisa a admissibilidade de um processo contra Temer. Se afastado, ele seria substituído por Rodrigo Maia (DEM-RJ), presidente da Câmara e próximo da linha de sucessão, que também é alvo de inquéritos, suspeito de receber dinheiro para suas campanhas via caixa 2.
Essa “diáspora dos brasileiros” reflete que a situação no país piorou muito nos últimos anos. “O Brasil falhou. A produtividade está no mesmo nível há décadas, a violência é alta, a desigualdade é muito grande. A situação política está ruim e é uma decepção muito grande para os brasileiros”. Como a situação no país é difícil – recessão grande, queda do PIB per capita, poucas perspectivas no mercado de trabalho, a crise política e escalada da violência –, quem pode pagar os custos de uma mudança e começar uma vida fora tende a ir embora.

SIGA-NOS!

Separamos mais algumas informações para você

Anote tudo e se precisar passe uma mensagem por e-mail

  1. Portugal é um país para quem busca tranquilidade, é possível desfrutar de um ritmo de vida muito mais tranquilo que muitos locais no Brasil.
  2. Segurança, sair sozinho(a) e andar à noite sem ter medo. 
  3. Custo de Vida em Portugal ainda é dos mais baixos para quem quer morar na Europa ocidental. O salário mínimo está em 530€, mas um bom salário médio gira em torno dos 800€ e 1.000€ líquidos.
  4. Paisagens lindíssimas, procure por esses lugares e saberá que o que não falta são paisagens de tirar o fôlego.
  5. Não é só de pastel de Belém (ou de nata) e bacalhau que vive Portugal. Sardinhas, Francesinhas, Tapas, Alheiras, Amêijoas, Queijo da Serra, Caldo Verde, Bolo do Caco, Arroz de Pato e muitos outros quitutes portugueses, além de inúmeros doces que compõem a pastelaria típica de Portugal.
  6. Faça frio ou calor, você irá encontrar seus amigos nas esplanadas, que são espaços que ficam no exterior dos estabelecimentos, em cafés, bares e praças. O povo português gosta de colocar a prosa em dia, por isso, a pausa para o café pode durar horas e acontecer diversas vezes ao longo do dia.
  7. Portugal foi o país que mais cresceu no continente europeu. Essa ascensão da economia portuguesa se deve, em grande parte, às relações comerciais mantidas com a Espanha (país vizinho).
  8. Portugal é a porta de entrada para a Europa. Portanto, os brasileiros que residem em terras portuguesas podem ficar à vontade para viajar pelos 28 países que fazem parte da União Europeia. 
  9. Governo português incentiva a vinda de imigrantes. Muitos portugueses resolvem deixar Portugal para explorar outros países do velho continente, em busca de salários mais altos. Por conta disso, o governo português tem incentivado a vinda de estrangeiros que desejam trabalhar, estudar e construir uma vida no país.
  10. As faculdades aceitam o Enem. Pra quem pretende fazer o ensino superior em Portugal, atualmente, 29 faculdades portuguesas aceitam o Enem como forma de ingresso.

PRECISA DE AJUDA?

Venha para Portugal sem complicações nem imprevistos. Com o nosso guia Como Morar em Portugal você não precisará se preocupar com mais nada. Mande uma mesagem que retornaremos.



© Copyright 2018 - Guia Sobre Portugal - All Rights Reserved